Presumível suspeita de fogo em Castelo Branco detida

Incêndio continua ativo

0 595

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, identificou e deteve uma mulher, casada, doméstica, pela presumível prática de um crime de incêndio florestal em terreno povoado por pasto seco e pinheiros.

Este incêndio de grande dimensão começou em Vale Coelheiro, Santo André das Tojeiras, pelas 18 horas de domingo passado, tendo-se propagado ao vizinho Concelho de Vila Velha de Ródão e ainda se mantém ativo.

A suspeita ateou o incêndio utilizando um isqueiro.

A Polícia Judiciária contou com a colaboração da GNR de Castelo Branco.

A detida, de 50 anos de idade, vai ser presente às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

No corrente ano a Polícia Judiciária já identificou e deteve 40 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

 

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Loading...